Cinefilia - UOL Blog
CQC penetra

Que o CQC é a melhor coisa que apareceu na TV brasileira há anos, ninguém tem dúvida. O caso é que ando meio sem tempo de ver o Custe o Que Custar, e numa dessas espiadas que dou no programa pelo You Tube, vi uma coisa que achei incrível. O repórter Rafael Cortêz no Festival de Veneza não só enche o saco de meio mundo - canta Charlize Theron, joga um óculos para George Clooney -, como vai parar no tapete vermelho do Festival!

Eu sei, a matéria passou no dia 08 de setembro, mas não me contive e tive que dividir isso com quem mais não viu, como eu. São duas partes, nem dói! Dá play, aí!

Uma Mais

"Rashomon" (1950)

Um exemplo de narrativa complexa e rica, de Akira Kurosawa.

Vencedor do Festival de Veneza.

Será refilmado e trazido para os dias de hoje em "homenagem" aos 100 anos do nascimento de Kurosawa.

Resumo da Semana (14 a 21 set)

Rendendo bem.

"Filhos da Esperança" (Children of Men, 2006). De Alfonso Cuarón

Se no Oscar de 2007 houve um injustiçado seu nome é "Filhos da Esperança". Um filme com a direção, o roteiro e as atuações deste merecia figurar entre as mais clássicas visões do futuro que o Cinema já pôs no mundo. De beleza exemplar e aputo técnico absurdo, o longa ainda prima por longuíssimos planos-sequência impecáveis. Cuarón é mesmo o cara. Nota: 9

"Ghost World - Aprendendo a Viver"* (Ghost World, 2001). De Terry Zwigoff

Sabe aqueles filmes cheios de gente esquisita? Pois bem, esse aqui não é mais um deles só por que os tipos estranhos permeiam toda a fita, há algo de melacólico e real inadaptalidade na personagem de Thora Birch. Ela é uma adolescente recém saída do colegial que, ao contrário de sua amiga vivida por Scarlett Johansson, não consegue entrar em sintonia com o estilo de vida dito normal de nosso mundo. Interessante e bizarro do primeiro ao último minuto, sem se tornar mero objeto de estranheza. Nota: 8

"O Segredo de Brokeback Mountain" (Brokeback Mountain, 2005). De Ang Lee

Se "Filhos da Esperança" foi ignorado pela Academia,  "O Segredo de Brokeback Mountain" foi alvo de sua falta de coragem ao premiar Ang Lee como melhor diretor em 2006 e dar o prêmio principal da noite para o inferior "Crash - No Limite". A polêmica envolvendo a temática do filme, os cowboys gays, não passou totalmente pelo crivo dos votantes do Oscar, que perderam a chance de premiar uma história de amor tão bela quanto outras tantas, mas de singular coragem e real competência. Nota: 8,5

* Filme visto pela primeira vez

[ ver mensagens anteriores ]



Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, UBERLANDIA, Homem