Cinefilia - UOL Blog
Crítica: P.S. Eu Te Amo

           Em 1995, o filme “As Pontes de Madison” fez muita gente suspirar ao ver a delicada história de amor entre Clint Eastwood e Meryl Streep. A carreira do roteirista Richard LaGravenese, então, estava consolidada e sua predileção por romances foi ratificada em longas como “O Espelho tem Duas Faces” e “O Encantador de Cavalos”, pelos quais viria a receber menos ou mais elogios. Na sua quinta incursão como diretor, em “P.S. Eu Te Amo” (P.S. I Love You, Estados Unidos, 2007), ele volta com sua veia romanesca e repete sua parceria com Hilary Swank depois de “Escritores da Liberdade”.

           

            Mais uma vez sua característica de manter tudo sempre bem controlado, sem grandes estrondos de emoção, mas nada monótono é o que conduz a narrativa sobre o casal Holly e Gerry Kennedy (Hilary e Gerard Butler, respectivamente). Eles têm seus problemas e diferenças, sendo discutidos e contornados da mesma forma que qualquer outro casal que se ama. Assim, a cena de abertura do filme - uma das melhores – ilustra de maneira muito eficaz como os dois levam suas vidas um ao lado do outro. Contudo, logo após os créditos, descobre-se que Gerry faleceu devido a um tumor no cérebro. Mas a existência do casal transcende a morte quando Holly recebe cartas dele, escritas antes de sua partida.

           

            Sim, você irá encontrar uma história muitíssimo romântica, que pode até arrancar lágrimas dos menos contidos. Mas se alguém aí torceu o nariz quando leu a frase anterior, saiba que o grande problema dessa boa (e açucarada) premissa não é ela em si, mas a forma com se desenvolverá. “P.S. Eu Te Amo” é um dos melhores exemplos de como clichês podem pôr para baixo um bom filme. Ao mesmo tempo em que LaGravenese constrói cuidadosamente seus protagonistas, em várias passagens as cenas descambam para o mais absoluto chavão. Como quando Holly participa de um karaokê a pedido do marido em uma de suas cartas, mesmo depois de já ter tido um experiência ruim na mesma situação. Quando ela sobe ao palco o diretor faz questão de sumir com todos que estão no bar e deixar apenas à vista de Holly a imagem de Gerry, orgulhoso e ao mesmo tempo emocionado. A cena comove, é verdade, mas os responsáveis são Butler e Hilary, que vão além da presepada de LaGravenese e se expressam magnificamente. Ela, aliás, dá show indo do riso ao choro enquanto canta.

            Falando em música, as “do tipo boa” têm grande espaço no longa, fazendo da sua trilha grande candidata a das melhores do ano. Isso ao lado do belo figurino que é desfilado por todos os atores que cruzam a tela. Não seria surpresa se Cindy Evans figurar entre os indicados ao Oscar da categoria esse ano.

 

            Contando ainda com a ótima participação de Kathy Bates vivendo a mãe de Holly, o romance tem a chata presença – num chato papel - de Lisa Kudrow. Harry Connick Jr. está muito bem como o carismático e apaixonado Daniel, porém os momentos finais desse romance não lhe reservam grande coisa – no sentido roteirístico, vale ressaltar, antes que alguém ache que há algum spoiler por aqui. “P.S. Eu Te Amo”, dessa maneira, gangorra bastante entre os seus pontos positivos e as pisadas de bola de seu diretor/roteirista procurando o pranto da platéia em passagens adocicadas em excesso.

 

            Nota: 6,5

O terror do homens

Todo homem heterossexual gostaria de ser o escolhdido de uma beldade como essa, certo?

Caso ela seja mesmo Dawn, a protagonista de "Teeth", é melhor pensar duas vezes.

Um dos mais aclamados filmes do Festival de Sundance de 2007 conta a bizarra história da garota vivida por Jess Weixler. Chegada a adolescência, ela descobre algo estranho em seu corpo, mais exatamente na sua vagina. Logo saberá que trata-se de uma dentição.

Ainda gostaria de ser o escolhido dela? O longa estréia dia 18 de janeiro nos Estados Undios. O trailer você confere abaixo. Boa Sorte.

Festa do Globo de Ouro cancelada

A 65º festa de entrega do Globo de Ouro foi oficialmente cancelada devido à greve dos roteiristas, que vem causando grande dor de cabeça em Hollywood. Os membros do Sindicado dos Roteiristas ameaçaram montar piquetes na entrada do Beverly Hilton Hotel caso a festa fosse mesmo acontecer no próximo dia 13. Com o apoio do Sindicato dos Atores eles venceram a batalha contra a Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood, responsável pelo Globo de Ouro.

Assim, o vencedores do prêmio serão anunciados na mesma data mas numa coletiva que, espera-se, ao menos os vencedores estejam presentes para eventuais agradecimentos. O Oscar que se cuide...

Além 15

Antes que escureça e você esteja isolado(a) do mundo releia a crítica de "30 Dias de Noite" no Cinema e Vídeo.

Resumo da Semana (1º a 7 Jan)

Mais um ano já começou e a fome por filmes não pára! Além de "P.S. Eu te Amo" no cinema, os primeiros de 2008 foram:

"Grande Hotel - Uma Comédia Cinco Estrelas"  (Four Rooms, 1995). De Quentin Tarantino, Robert Rodriguez, Alexandre Rockwell e Alisson Anders

Filmes que agrupam vários diretores geralmente são irregulares, "Grande Hotel" não é diferente. São quatro episódios (um de cada diretor) passados num hotel de Los Angeles durante a noite de Ano Novo. O elo entre eles é o mensageiro vivido por Tim Roth. Ele é o destaque de todo o elenco que ainda tem Antonio Banderas, Bruce Willis e o próprio Tarantino inspirados. De todos os segmentos, o melhor, disparado, é o do diretor/ator, "O Homem de Hollywood". Ele finaliza o longa com ótimo humor e eleva bastante a qualidade da produção, que anteriormente patina um pouco. Nota: 7

"Sinais" (Signs, 2002). De M. Night Shyamalan

Dois filmes de Shyamalan tiveram campanhas publicitárias das mais errôneas: um foi "Corpo Fechado", o outro foi "Sinais". Seus temas não foram levados em conta na hora de venderem os longas. No caso deste, é óbvio que o alienígenas são apenas um desencadeador e catalisador no ciclo vivido por Mel Gibson, pastor que perdeu sua fé com a morte da esposa. Nessa segunda vista achei o longa ainda melhor. Um bom roteiro, a ótima direção de sempre de Shyamalan e Gibson dando show ao lado de todo o seu núcleo familiar. Nota: 7,5

Como prometido trago hoje as listas de melhores e piores do ano. Basicamente vocês vão encontrar quatro listas. A primeira traz os dez melhores filmes que vi esse ano no cinema – ou seja, que tiveram estréia comercial a partir de janeiro, a exceção é “Filhos da Esperança” que incluí por ter sido o primeiro filme que assisti no cinema depois de montar o blog, mas cuja estréia no país foi em dezembro de 2006.

A segunda lista traz os dez melhores longas inéditos nos quais pus meus olhos só que de outros anos.

A terceira traz os quatro piores longas que conferi nos cinemas em 2007, mais os outros quatro piores inéditos pra mim de outros anos. O que justifica o número menor de filmes ruins no ano não é a sorte ou porque sou bonzinho, mas o caso é que normalmente procuro assistir àquelas produções que provavelmente irão me agradar e como ninguém é perfeito...

A quarta e última lista traz todos os filmes que vi no ano. Foram 107 no total, sendo 39 no cinema e 68 pela TV ou em DVD. Um ano recorde para mim em relação aos longas de cinema.

Bem, confiram e comentem, o segundo ano do Cinefilia está oficialmente aberto. Abraço a todos.

 

Top 10 – Cinema (em ordem de Preferência)

 

1. Filhos da Esperança

2. Zodíaco

3. Borat! – O Segundo Melhor Repórter do Glorioso País Cazaquistão viaja à América

4. Ratatouille

5. O Cheiro do Ralo

6. O Ultimato Bourne

7. Tropa de Elite

8. Um Beijo a Mais

9. Perfume - A História de um Assassino

10. Metal - Uma Jornada pelo Mundo do Heavy Metal

* Menção Honrosa a “Os Simpsons – O Filme” e “Sunshine – Alerta Solar”.

 

Top 10 – Inéditos de Anos Anteriores (em ordem de Preferência)

 

1.O Poderoso Chefão (Trilogia – 72/74/90)

2. La Jetée (1962)

3. Pequena Miss Sunshine (2006)

4. Todos os Homens do Presidente (1976)

5. Cinema Paradiso (1988)

6. O Sétimo Selo (1957)

7. O Falcão Maltês (1941)

8. Donnie Brasco (1997)

9. King Kong (1933)

10. A Casa dos 1000 Corpos (2003)           

* Menção Honrosa a “Ônibus 174”, “Violação de Privacidade” e “Hot Fuzz” (ainda inédito nos cinemas brasileiros).

 

 

Top 8 – Piores no Cinema + Anos Anteriores (Do Pior ao Menos Ruim)

 

1. Quarteto Fantástico e o Surfista Prateado

2. Motoqueiro Fantasma

3. O Ilusionista

4. Piratas do Caribe - No Fim do Mundo

+

1. Jogos Mortais II

2. Jogos Mortais III

3. Duplex

4. Demolidor

 

Continua abaixo

Listas 2

2007 em Lista e Cotações (Inéditos e Repetecos)


Jogos Mortais III – 6

Eu, Robô - 7

Hot Fuzz - 8

Adrenalina - 7,5

30 Dias de Noite - 7,5

Fahrenheit 11 de Setembro - 8,5

Blood - The Last Vampire - 8

A Lenda de Beowulf - 7,5

Uma Verdade Inconveniente - 8

Planeta Terror - 8

La Jetée - 9,5

Ela é a Poderosa - 7,5

Ônibus 174 - 8,5

1408 - 8

Alpha Dog - 7,5

Superbad - É Hoje! - 8

Metal - Uma Jornada pelo Mundo do Heavy Metal - 8,5

Quero Ser Grande - 8,5

A Rocha - 7,5

Tropa de Elite - 9

Sonho Checo - 8

O Ultimato Bourne - 9

Tigerland - A Caminho da Guerra - 8,5

Jogos Mortais II - 5,5

Hitch - Conselheiro Amoroso - 7,5

300 - 8,5

A Supremacia Bourne - 8,5

Instinto Secreto - 8

O Gigante de Ferro - 9

Todo Poderoso - 6

A Identidade Bourne - 8

Curtindo a Vida Adoidado - 9,5

O Sétimo Selo - 9

Demolidor - 6

Abismo do Medo - 8

Carga Explosiva - 7

Shrek 2 - 8,5

O Show de Truman - O Show da Vida - 8,5

O Senhor dos Anéis - A Trilogia - 9,5 / 8 / 9,5

Os Simpsons - O Filme - 8,5

Fim dos Dias - 6

Donnie Brasco - 8,5

O Amor Custa Caro - 8

Pequena Miss Sunshine - 9

Cartas de Iwo Jima - 8

Extermínio - 8

Magnólia - 10

O Estranho Mundo de Jack - 8

X-Men 2 – 9

Terra de Sonhos - 10

Assassinos por Natureza - 10

Duro de Matar 4.0 - 8

Ratatouille - 9

King Kong (1933) - 8,5

Quarteto Fantástico e o Surfista Prateado - 5

Blade Runner - O Caçador de Andróides - 9

Transformers - 7

Harry Potter e a Ordem da Fênix - 8

Lilo & Stitch - 8

Soldado Anônimo - 8,5

Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban - 8

O Poderoso Chefão - Trilogia - 10

Shrek Terceiro - 7,5

Confissões de uma Mente Perigosa - 8,5

Treze Homens e Um Novo Segredo - 8

Todos os Homens do Presidente - 9

Duplex - 6

Missão Impossível III - 8,5

Piratas do Caribe - No Fim do Mundo - 6,5

O Falcão Maltês - 8,5

O Mágico de Oz - 10

Violação de Privacidade - 8

Zodíaco - 9

Os Últimos Passos de um Homem - 8,5

Por Água Abaixo - 8,5

Deu a Louca na Chapeuzinho - 8

O Cheiro do Ralo - 9

Cinema Paradiso - 9

Modigliani - 7,5

Terror em Silent Hill - 6,5

Toy Story 2 - 8

Morte Súbita - 5,5

Homem-Aranha 3 - 7,5

Um Beijo a Mais - 8,5

Sunshine - Alerta Solar - 8,5

Borat! – O Segundo Melhor Repórter do Glorioso País Cazaquistão viaja à América – 9

Motoqueiro Fantasma - 5

Pecados Íntimos – 8

Letra e Música - 7

À Procura da Felicidade - 8

Babel - 8

A Rainha - 8

Rocky Balboa - 8

Apocalypto - 8

A Conquista da Honra - 8

As Crônicas de Nárnia - O Leão, A Feiticeira e o Guarda-Roupas - 8

Perfume - A História de um Assassino - 8,5

O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias - 8

Os Sem-Floresta - 7,5

O Chamado - 8

A Casa dos 1000 Corpos - 8,5

Uma Noite no Museu - 7,5

O Ilusionista - 5

Diamante de Sangue - 8

Filhos da Esperança – 9

[ ver mensagens anteriores ]



Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, UBERLANDIA, Homem