Cinefilia - UOL Blog
Boas Festas 2!

Fala galera! Seguinte, o Cinefilia dá um tempo e esse humilde blogueiro cinéfilo volta a partir do dia 7 de janeiro de 2008 com as amadas listas-balanço do ano. Também volto com o blog já tendo completado seu primeiro aninho!

Pois é, vamos ver no que penso para o ano que vem! Por enquanto agradeço a todos que me apoiaram nesse projeto muito particular e a todo mundo que o Cinefilia. Valeu mesmo galera! Abraço a todos e no mais...

 

Ano que vem estou de volta!

Boas Festas!

Resumo da Semana

Férias notoriamente aumentam a quantidade de filmes assistidos. Dos cinco que vi, três são novidades pra mim:

"Jogos Mortais III" (Saw III, 2006). De Darren Lynn Bousman

Se no segundo filme da franquia algumas das regras que fizeram a fama da série foram ignoradas, aqui elas são reformuladas sem grandes ganhos. O filme sobe alguns degraus em relação ao antecessor, mas ainda é frouxo e força barra em cenas violentas sem que estas contribuam para a história. Tudo muito gratuito. Nota:6

"Eu, Robô" (I, Robot, 2004). De Alex Proyas

Se com filmes como "Todo Poderoso" uma segunda conferida me fizeram diminuí-lo, aqui acontece o contrário. Deixando de lado muitos conceitos-cabeça, é possível assistir a "Eu, Robô" muito bem. Como dessa vez não esperava grande coisa, consegui ver outros méritos na ficção-científica que pisa fundo no acelerador e traz uma história minimamente inteligente e bons efeitos especiais. Nota: 7

"Zodíaco" (Zodiac, 2007). De David Fincher

Esse é outro que vai ganhar mais pontos nessa segunda visita. Se minha primeira nota foi 8,5, subo mais 0,5 ponto esse suspense/drama muitíssimo bem roteirizado e de ótima direção de Fincher - nenhuma novidade. O que me faz melhorar a impressão que tive foi que desta vez consegui acompanhar melhor os complexos meandros do script de James Vanderbilt. Sem dúvida está entre os melhores do ano. Nota: 9

"Hot Fuzz" (Idem, 2007). De Edgar Wright

Filme inédito no Brasil que como "Todo Mundo Quase Morto", também de Wright, deve demorar a ser lançado por aqui e quando for será direto nas locadoras. Mas de qualquer forma, essa sátira aos filmes policiais faz rir de maneira inteligente enquanto não cai na piada por si só e tem uma história a ser desenrolada. Exagera algumas vezes na edição tresloucada e perde fôlego no início do segundo terço, mas é fechado com chave de ouro. Destaque para Simon Pegg e Nick Frost, também de "Todo Mundo Quase Morto". Nota: 8

"Adrenalina" (Crank, 2006). De Mark Neveldine e Brian Taylor

Entrei na locadora querendo um filme de ação que não me fizesse pensar. Minha escolha não poderia ser melhor. Aqui encontrei tudo o que o título promete e mais: risadas e uma ótima trilha sonora. História: homem envenenado precisa manter os níveis de adrenalina altos para retardar a ação da substância. Tenham certeza, Jason Statham saberá fazer loucuras para não morrer. A sequência da Epinefrina é de chorar de rir. Nota: 7,5

[ ver mensagens anteriores ]



Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, UBERLANDIA, Homem